Newsletter


Conselhos Úteis

banner hands

O sector funerário tem vindo a modernizar os meios de atendimento e a oferta de novos serviços e produtos. Apesar dos tempos difíceis por que passamos, o ritmo da metamorfose apresenta-se cada vez mais elevado avizinhando-se mais e maiores alterações neste sector tão esquecido e só lembrado nos piores momentos.
 

É precisamente dentro desta nova ordem, de constante e rápida mudança, que vemos a necessidade de união, de unir cada vez mais os profissionais do sector por forma a garantir o respeito e dignidade que sempre se impuseram no serviço fúnebre. Estaremos lado a lado com os nossos associados nesta evolução que se deseja mas que se adivinha atribulada, promoveremos os seus interesses e, não pouparemos esforços na luta pelos ideais que sempre regeram e regerão esta associação..

 

 

Conselhos úteis :

- Exija sempre o orçamento escrito discrimando por componentes do serviço funerário contratado.
 
O Dec. Lei 109/2010 vem obrigar todas as Agências Funerárias “Apresentar orçamento escrito do qual deve constar o preço total do serviço de funeral, discriminado por componentes e a identificação do prestador do serviço nomeadamente, a respectiva denominação, morada, número fiscal e número de registo na DGAE.”

 

 

- Antes de contratar exija sempre o catálogo ou mostruário dos produtos.
 
O Dec. Lei 109/2010  vem obrigar todas as Agências Funerárias” Dispor de mostruário diversificado de artigos fúnebres sob a forma de expositor físico, informático ou outro, sendo obrigatória a sua existência sob a forma de catálogo, de modo a garantir ao destinatário do serviço mais de uma alternativa de escolha quando a contratação ocorrer fora das respectivas instalações.”

 

 

- Escolha sempre a Sua Agência Funerária e não deixe que outros o façam por si.
 
Com O Dec. Lei 109/2010 ” .— É proibido aos estabelecimentos hospitalares, lares de idosos e equipamentos similares, organizar ou implementar escalas de agências funerárias, destinadas à prestação preferencial ou exclusiva de quaisquer serviços funerários junto dos respectivos utentes e familiares.”
 

 

- Escolha Sempre uma Agência Funerária Registada
 
As agências Funerárias são obrigadas a estar registadas , assim como os seus profissionais.  Com O dec lei 109/2010 “As agências funerárias  que desenvolvam a actividade funerária devem registar a sua actividade junto da DGAE.”

 

 

- Não se deixe enganar. A actividade funerária apenas pode ser exercida pelas agências funerárias e associações mutualistas. As mutualistas apenas podem exercer a actividade funerária no âmbito da prestação de serviços de carácter social aos seus associados.
 
Com o dec lei 109/2010 “As associações mutualistas apenas podem exercer a actividade funerária no âmbito das suas finalidades mutualistas e de prestação de serviços de carácter social aos respectivos associados.”

 

 
 

Mais informações e Esclarecimento:

seta link Visite a nossa página de Contatos

 

Pesquisa

Links Rápidos

banner municipios OFF
banner freguesias OFF
banner igrejas OFF

banner cemiterios OFF

banner hospitais OFF

banner lei OFF

banner archive OFF

banner apoio OFF

"Apoio jurídico prestado exclusivamente a associados e, nos termos do disposto no nº 3 do art. 6º da Lei 49/2004 de 24 de Agosto"